Poltrona de caixas de leite: design e sustentabilidade

poltrona caixinha2.PNG (572 KB)

A sustentabilidade e a reutilização de materiais têm ganhado cada vez mais força no mundo do design. Prova disso é a linha de poltronas Otium, lançada pela Infinitum62 em parceria com a Tetra Pak, que utiliza até 30% de matéria-prima reciclada em sua composição.

Com formato geométrico, cada uma das poltronas reaproveita cerca de 6 Kg de plástico e alumínio de embalagens longa-vida pós-consumo, o que equivale a aproximadamente 900 caixinhas de 1 litro, como as de leite.

“Temos um pessoal dedicado ao desenvolvimento de tecnologias para a reciclagem. Nosso objetivo é buscar novas aplicações destes materiais que agreguem valor para a cadeia da reciclagem, da população, passando pelos catadores [até a indústria]. Há o paradigma de que com materiais recicláveis não se faz peças interessantes. Essa poltrona é um exemplo de que isso é possível”, destaca Valéria Michel, diretora de Meio Ambiente da Tetra Pak.

Decoração

De grande formato, as poltronas medem 70 cm de altura, 120 cm de largura e 105 cm de profundidade e pesam 19 Kg. A versatilidade das peças é um dos destaques do modelo, que pode ser utilizado na decoração de ambientes internos, salas comerciais, espaços de lazer, eventos e áreas externas. O design moderno e a durabilidade são outros atrativos da poltrona, que resiste às intempéries do tempo.

“A poltrona é feita por rotomoldagem (processo industrial de transformação de termoplásticos) e pode ser fabricada em diversas cores: amarelo, azul, verde, vermelho, roxo, marrom, branco e cinza”, explica José Carlos Bíscaro, proprietário da Infinitum62.

As poltronas são comercializadas sob encomenda para todo o Brasil pelo site da marca, por meio do formulário de contato. Em breve uma loja virtual também estará disponível aos clientes. As peças custam a partir de R$ 980 – o custo varia de acordo com a cor escolhida.

Fonte: Gazeta do povo